1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Chapadão do Céu: 7ª CIPM prende cinco suspeitos de pertencerem à quadrilha de explosão de caixas eletrônicos

Por Eduardo Candido 14 Março 2012 Publicado em Polícia
Votao
(1 voto)
Lido 5485 vezes
Objetos apreendidos em Inaciolândia Objetos apreendidos em Inaciolândia A Redação

Depois de denúncias, a Polícia Militar (7ª CIPM) prendeu cinco suspeitos de pertencerem à quadrilha que explodiu caixas eletrônicos em Inaciolândia (GO), na madrugada de terça-feira (13). Eles foram presos ontem, em Chapadão do Céu (GO), a 196 quilômetros de Mineiros. Com os suspeitos, foram apreendidos três carros roubados.

De acordo com o cabo Edmar Andrade da 7ª CIPM de Mineiros, os suspeitos teriam declarado que iriam trocar os carros por drogas em um país vizinho ao Brasil. Segundo Andrade, os cinco tinham passagens anteriores pela polícia, todos pelo mesmo crime: assalto a mão armada.

Entenda o caso de Inaciolândia

Três suspeitos de explodir caixas eletrônicos são mortos pela polícia
Quatro suspeitos de explodirem dois caixas eletrônicos no município Inaciolândia-GO foram capturados. Três deles morreram durante troca de tiros com a polícia e Jerry Bruno da Costa, de 21 anos, foi preso em flagrante, depois de se esconder em uma árvore da cidade e ser avistado por moradores. A ação aconteceu em uma agência do Banco do Brasil, que fica na região central da cidade.

Policiais civis da Delegacia de Investigação Criminal (Deic) acompanhavam o grupo a cerca de um mês, e depois de uma denúncia chegaram até a agência, onde os suspeitos agiriam por volta das 2h30. Quando foram flagrados pelos policiais, os homens reagiram e houve troca de tiros. Três suspeitos morreram no local e um policial ficou ferido no tornozelo. O veículo usado pelos presos, um Volkswagen Voyage prata com placa de Morrinhos (GO), foi apreendido.

Segundo informações do tenente da Polícia Militar, Mário Demuro, que acompanhou a operação, Jerri Bruno foi capturado em seguida. “Ele estava em cima de uma árvore nas proximidades da agência”, explica. Um Fiat Brava prata conseguiu escapar. Ainda não se sabe quantos homens estavam no carro, mas a  polícia acredita que, no total, a quadrilha era composta por oito pessoas. “Há a possibilidade de haver alguém ferido dentro do carro”, alerta o tenente.

Até hoje de manhã a polícia não sabia quanto dinheiro havia sido levado. Jerri foi encaminhado para o município de Quirinópolis onde prestará depoimento e em seguida será transferido para Goiânia.

Presos três integrantes da quadrilha que explodiu caixa eletrônico

A Polícia Civil de Itumbiara deteve outras três pessoas suspeitas de participar da quadrilha que tentou roubar uma agência do Banco do Brasil em Inaciolândia. Villander Nascimento Costa, 22 anos, Francisco Raimundo Bezerra, 45 anos, e uma adolescente de 17 anos foram detidos em duas casas alugadas pelo grupo em dois bairros distantes de Itumbiara.

De acordo com a Polícia Civil, os três seriam responsáveis pelo apoio e logística dos assaltantes que entraram em confronto com os policia, e não participaram diretamente da ação. Além do roubo de Inaciolândia, o grupo seria responsável por assaltos em Rio Quente, Maurilândia e Cachoeira Dourada.

Segundo a Polícia Civil, tanto Jerry quanto Villander e Francisco são de Ituiutaba (MG) e teriam alugado as casas para o grupo, que arrombava caixas eletrônicos na região Sul do Estado. Nas casas foram encontrados radiocomunicadores, luvas, máscaras, binóculos, cordas, placas de veículos e ferramentas como furadeira. Os policiais ainda encontraram um aparelho de GPS e rastreador, que bloqueia sinais de celulares e tem comercialização proibida. Em uma oficina foram encontrados dois carros utilizados pelo bando, um Toyota Corolla e um Honda Civic.

Também foram encontrados documentos de identidade de moradores de Ituiutaba e São Paulo. A polícia suspeita que os documentos pertençam aos integrantes da quadrilha que continuam foragidos. Das oito pessoas que invadiram a agência, três foram mortas pela polícia e uma foi presa.

Os três detidos em Itumbiara devem responder pelo crime de formação de quadrilha. O grupo será encaminhado para o presídio do distrito deSarandi, em Itumbiara.

Fonte: A Redação