1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Aluno denuncia que foi agredido por dono de academia ao cobrar álcool para limpeza das mãos e aparelhos, em Goiânia

Por Antônio Filho 21 Julho 2020 Publicado em Saúde
Votao
(0 votos)
Lido 323 vezes
Reprodução Reprodução Reprodução/G1


O empresário e bartender Cairo Henrique Coutinho Arantes, de 25 anos, denuncia que foi agredido nesta terça (21/07) pelo dono da academia em que malha após fazer publicações em uma rede social cobrando álcool para fazer a correta higienização das mãos e equipamentos.


Ele gravou um vídeo que mostra quando leva um soco de um homem.


O caso foi registrado na Policia Civil, em Goiânia.


Cairo conta que treina há cerca de um ano e meio na unidade e esta foi a segunda vez que foi a academia depois da reabertura, autorizada pelo decreto municipal de Goiânia. “No primeiro dia não tinham todos os itens de higiene, apenas na entrada. Hoje eu cheguei e não tinha álcool não tinha higienização nos aparelhos. Então eu fiz uns stories reclamando da situação”.


O G1 entrou em contato por telefone com a Academia Objetivo Fit para tentar falar com o dono, mas ele não foi localizado.


Um funcionário informou que a unidade estava preparando uma resposta à imprensa, mas ela não foi enviada até a última atualização dessa reportagem.


A disponibilização de álcool em gel para os alunos é uma das obrigatoriedades para que as academias possam funcionar, ainda o aluno contou que, quando o dono da academia chegou, pediu para conversar com ele, pedindo que ele apagasse as postagens e que devolveria o dinheiro da mensalidade dele, interrompendo o contrato com a academia.


Fonte: G1 (com adaptações)

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2