1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Arquidiocese de Goiânia suspende funções de padre Robson

Por Antônio Filho 24 Agosto 2020 Publicado em Polícia
Votao
(0 votos)
Lido 128 vezes
Padre Robson Padre Robson Reprodução/ Mais Goias


A arquidiocese de Goiânia, por meio do arcebispo Dom Washington Cruz e do chanceler Dom Levi Bonatto, revogou temporariamente o uso de ordens do padre Robson de Oliveira no território da arquidiocese, em nota assinada, neste domingo (23/08).


Na prática, ele fica impedido de realizar qualque evento religioso ou em nome da Arquediocese.


Na sexta (21/08), o padre já havia pedido afastamento de suas funções no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno e na Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).


O religioso e a Afipe são investigados pela Operação Vendilhões, deflagrada no mesmo dia, por suposta apropriação indébita, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e sonegação fiscal.


Padre Robson era o presidente da associação.


O documento considera “a necessidade de prevenir escândalos, garantir o curso da justiça e tutelar a fé, bem como investigar as acusações realizadas contra o padre Robson”.


Pedro Paulo de Medeiros, advogado de Padre Robson, diz que ainda não teve acesso ao documento.


A defesa do Padre Robson enviou, às 20h15, a seguinte nota, ao Mais Goiás:

“O padre Robson recebe com humildade a revogação temporária do uso de ordens. Trata-se de um procedimento previsto no direito canônico. O ato reforça o pedido de afastamento da presidência da Associação Filhos do Pai Eterno e das suas funções no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, que partiu do religioso, comunicado à Arquidiocese de Goiânia ainda na sexta-feira, 21. O maior interessado no esclarecimento de todas as questões e na total transparência de todas as suas ações é o próprio padre Robson.”


Fonte: Mais Goias (com adaptações)

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2