1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Morre brigadista que teve 80% do corpo queimado ao combater incêndio em Chapadão do Céu

Por Antônio Filho 02 Setembro 2020 Publicado em Região
Votao
(0 votos)
Lido 143 vezes
Reprodução Reprodução reprodução

O brigadista Welington Fernando Peres Silva, de 41 anos, que estava no Hospital de Urgência Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), morreu na noite de terça-feira (01/08) após passar 11 dias internado com 80% do corpo queimado, na capital Goiânia.


Ele sofreu as queimaduras enquanto atuava no combate a um incêndio em Chapadão do Céu, no sudoeste de Goiás.


Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles deixou uma mensagem de pesar e reconhecimento ao trabalho do servidor do Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade (ICMBio) nas redes sociais da instituição.


“Hoje faleceu nosso servidor Welington, que, no dia 21 de agosto, [...] foi atingido pelo fogo, sofreu queimaduras muito graves, estava internado desde então, lutando bravamente pela vida, mas, infelizmente, não resistiu. Nossos sentimentos à família e o reconhecimento ao trabalho dele e de todos os brigadistas", disse em nota.


Welington deixa a esposa e duas filhas.


A esposa dele disse à TV Anhanguera que velório e enterro deve acontecer ainda nesta quarta-feira no município de Chapadão do Céu.


O G1 procurou o ICMBio por e-mail às 6h40 para pedir mais informações sobre o acidente e a vítima e aguarda retorno.


A reportagem também entrou em contato por e-mail, por volta das 8h20, com o Hospital de Urgência Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), para saber detalhes sobre a evolução do quadro dele durante a internação e as causasa da morte, e espera resposta.


Fonte: G1 (com adaptações)

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2