1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Como a pandemia de covid-19 pode levar a uma revolução nas vacinas

Por Antônio Filho 24 Setembro 2020 Publicado em Ciência
Votao
(0 votos)
Lido 101 vezes
Reprodução Reprodução reprodução/ MSN

A covid-19 está mudando radicalmente muitas coisas, e uma delas pode ser como as vacinas funcionam.


A pandemia virou uma oportunidade de colocar à prova uma nova tecnologia que vem sendo desenvolvida há 30 anos.


Os cientistas usam engenharia genética para fazer nossas células produzirem uma parte de um vírus e, assim, ensinar o nosso sistema imunológico a nos proteger dele.


Isso permite criar vacinas muito mais rápido.


Elas ainda podem ser mais simples de fabricar e seguras de usar.


Provavelmente, vão ser mais baratas também.


Só falta provar que as vacinas gênicas, como elas são chamadas, realmente nos protegem.


Isso nunca foi feito.


Até hoje, não há uma vacina deste tipo aprovada para uso em humanos.


Mas duas entre as oito vacinas contra a covid-19 em estágio mais avançado de pesquisa usam essa tecnologia.


Uma é feita pela pelas empresas Pfizer (Estados Unidos), BioNTech (Alemanha) e Fosun (China).


A outra está sendo desenvolvida pela companhia americana Moderna.


Ambas já chegaram à terceira e última fase dos testes em humanos e estão sendo aplicadas em milhares de pessoas para ver se são eficazes.


As perspectivas são promissoras, diz Norbert Pardi, professor e pesquisador da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.


Os estudos feitos até agora apontaram que elas geraram uma boa resposta do nosso sistema imunológico e se provaram seguras.


"Ainda precisamos ver os resultados da última fase, mas estou otimista. Acredito que uma ou mais delas serão aprovadas. Isso tem o potencial de revolucionar o campo das vacinas para doenças infecciosas", diz Pardi.


Fonte: MSN

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2