1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Dona Fiota 106 anos de idade com pura vontade de votar

Por Antônio Filho 15 Novembro 2020 Publicado em Política
Votao
(0 votos)
Lido 156 vezes
Dona Fiota Dona Fiota Reprodução/Mais Goias

O voto, para quem a participação nas urnas já deixou de ser obrigatória, ocorre por puro amor à democracia.


É o caso de Ubaldina Caldas de Santana, cujos 106 anos de idade não a impedem de contribuir na escolha de representantes políticos para a Cidade de Goiás, onde reside.


Neste domingo (15) não foi diferente. Acompanhada de sua bisneta, Priscylla Santana, 27, ela enfrentou, pandemia, fila e aglomeração.


“Eu gosto de contribuir, quero votar“, reforça.


De acordo com Priscylla, que é enfermeira, a família fez coro para ressaltar que a participação de Ubaldina, mais conhecida como Dona Fiota, não era obrigatória.


A ida ao colégio eleitoral também incluía riscos relativos à pandemia, os quais foram completamente ignorados pela centenária eleitora.


“Já estou com idade avançada, não me preocupo mais”, disse à família para que a levassem logo às urnas.


Porém, Dona Fiota, garante que o pleito de 2020 é o último do qual participa, em razão da idade.


Priscylla, por outro lado, destaca que a decisão não ocorre por falta de lucidez.


“Ela é super lúcida, atenta, não precisa da ajuda de ninguém. Todos ficam encantados ao notarem o esforço dela em participar das eleições.


A bisneta sublinha que a bisavó é uma inspiração política em tempos de desânimo e corrupção.


“Enquanto muita gente nova já desistiu do processo democrático, ela insiste nele por saber que é assim que se transforma a realidade em que vivemos. Está sempre por dentro das coisas, conhece candidatos e propostas. É realmente uma vontade inspiradora”, completa.


Fonte: Mais Goias

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2